ÚLTIMAS NOTÍCIAS / UBS com horário estendido

Com horário estendido, UBS do Ouro Verde atende mais de 100 consultas mês

Segunda-feira, 02 de setembro de 2019

Visualizada 149 vezes

O atendimento favoreceu moradores que trabalham durante o dia e têm dificuldades em conseguir atendimento médico


Poder consultar em um período fora do horário de trabalho, é um desejo de boa parte dos pacientes, principalmente se ele vier através do SUS, e na UBS próxima da residência. Essa é uma realidade já vivida pelos moradores do distrito de Ouro Verde do Piquiri, a 20 km de Corbélia.  

Desde o final de abril, a UBS José Osvaldo Lino passou a atender em horário estendido nas segundas e sextas-feiras. Além do atendimento normal que acontece das 7 às 18h, o paciente também pode agendar atendimentos no período da noite, das 18h às 22h. As consultas podem ser pré-agendadas com médico clínico geral, enfermeiras, técnicas, assistentes sociais ou ainda atendimento odontológico.

De acordo com a Secretária de Saúde Cleide Terezinha dos Santos Messias, esse atendimento em horário estendido foi pensado justamente para receber a grande demanda de trabalhadores rurais e principalmente os pacientes que trabalham em outro município. “Nosso objetivo principal com esta agenda em horários diferenciado primeiro é atender quem trabalha fora e não tem tempo de vir a UBS no horário comercial permitindo aos homens e mulheres que moram na comunidade o cuidado com a saúde”.

Desde que o atendimento começou os moradores já aderiram ao horário diferenciado e desde então, a unidade recebe uma média de 30 pacientes nos dias de consultas noturnas.

Os servidores da unidade orientam os pacientes que trabalham durante o dia ou precisam levar os filhos para ser atendidos. Em casos mais graves, após a triagem, o paciente é encaminhado para Corbélia, mas de acordo com assistente social Adriele Soares Bontempo, que atende na unidade, ninguém fica desamparado.

“O objetivo do horário estendido é favorecer as pessoas que trabalham durante o dia para que elas não faltem ao serviço, que elas possam trabalhar e vir consultar. Claro, que se for um caso grave, é diferente. Mas que elas possam consultar em um horário diferenciado. A gente acaba atendendo toda a demanda, porque além dos agendados, atende as urgências e emergências, além de alguém que não conseguiu vir durante o dia. Urgências a gente sempre passa na frente, é prioridade. Temos todo esse acolhimento do paciente”.

De acordo com a subprefeita de Ouro Verde, Marily Bloemer, quando o projeto foi cogitado, ele foi pensado na comunidade que tem em sua maioria, moradores que prestam serviço a cooperativas da região e só chegam ao distrito no fim do dia. A resposta da comunidade foi positiva, o que incentiva a extensão do projeto. “Por exemplo, alguém passa mal na segunda-feira à noite, o carro não leva para Corbélia, leva para a unidade, vai fazer o primeiro atendimento com o médico, e se tiver necessidade de internamento, vai para o PAM. Mas na segunda e na sexta não precisa. Para a nossa comunidade é muito bom para o pessoal que trabalha. Ninguém fica sem ficar atendido, até quem não trabalha. Todo dia completa a demanda e  a expectativa é de cada dia melhor”.

O agendamento pode ser feito tanto pessoalmente quanto por telefone, com um limite de seis agendamentos por dia. Mas apesar das consultas marcadas, os atendimentos de urgência são acolhidos com atenção e responsabilidade pela equipe de saúde, somando uma média diária de 15 atendimentos, incluindo encaixes e casos prioritários.

A implantação do projeto em Ouro Verde está gerando reflexos no bolso dos pacientes, e no Pronto Atendimento Municipal da cidade em Corbélia. Com a UBS recebendo os atendimentos também de urgências e emergências, o PAM no município recebe um número menor de pacientes.  “Uma mudança lá no Distrito que beneficiou os moradores com o conforto de serem atendidos perto de casa, e principalmente na economia, já que não precisam gastar com combustível e pedágio para vir até o PAM. E aqui na cidade também tivemos benefícios com a diminuição das filas de atendimento nas segundas e sextas-feiras” comemora a Secretária de Saúde.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Secretaria Municipal de Saúdeááá

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias


Última Atualização do site:  18/10/2019 17:33:02